Home » Mundo » Acadêmico fala sobre o processo de emancipação de Caldas do Jorro

Acadêmico fala sobre o processo de emancipação de Caldas do Jorro

__________________________________________________________________________________________


Quando agente ler qualquer matéria precisamos ver a quem é direcionada, ou a quem interessa o que podemos perceber, foram citadas apenas 20 distritos. O deputado estadual João Bonfim (PDT) comenta o que ele pensa, e acha, com dados retrógrados e ultrapassados.

É preciso que ele dê uma F5 ai em seus dados. Quem leu com atenção viu que até Algodões, distrito de Quijingue aparece como possível futuro município, com todo respeito aos nossos vizinhos, mas não precisa nem conhecer o processo pra saber que, os distritos citados na matéria não estão em melhor condição do que Caldas do Jorro.

 O que ocorre! O processo de emancipação dos municípios focou paralisado por muito tempo por conta da PEC anterior, que travava todo o processo, os representantes de nossa cidade só no período eleitoral diziam que era a favor da emancipação, depois ficavam só palavras ao vento, nada de concreto chegava a Comissão de Assuntos Territoriais e Emancipação. Certa vez vi seu Evandro dizer que era membro da Comissão Estadual pro- emancipação, e que as lideranças tinham conhecimento das condições da Estância e que era de conhecimento público e urgente a emancipação desta terra. O senhor José Reis, tentou uma aproximação com o órgão “dai a Cezar o que é de Cezar” como vemos sem sucesso.

Amigos e conterrâneos não existe interesse de deputado, prefeito, ex-prefeito, vereador nem muito menos lideranças locais, a comissão local precisa se organizar junto com o povo de Caldas do Jorro, pedir apoio os empresários que abraçam a causa e seguir em frente, sem contar com esses fisiocratas, bostéticos que só enxergam as eleições do pleito seguinte, favorecem e utilizam o nepotismo, cargos e salários altos pra sua família e parentes, e o povo? O povo que se dane! Afinal depois das eleições quem é o povo? .

O Jorro tem potencial atende as regras impostas pela lei e precisa apenas de visibilidade, organização e sincronia nas ações da comissão local.

 Por: Rondineli Gama

Professor historiador pela -FTC

Pós-graduado em história do Brasil e Afro-brasileira- FAC

Mestrando em ciências da educação- UNINTER

Graduando em direito pela- AGES

Cometários

comments

27 comments

  1. Para alguém com um currículo desses, é inaceitável os erros de concordâncias. bem como, as palavras de baixo calão (bostéticos)

  2. Para os representantes os quais ele referiu-se (políticos ) usou as palavras erradas esses tem que serem chamados de inúteis e sem menores valores pra Tucano e região

  3. Ó cabra, você fala que os politicos se escondem depois das eleições? Acha que no Jorro será diferente?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Acorda gente… quem vai se beneficiar

  4. Realmente este um é um autêntico "bostético", porque não sabe dizer porque Caldas do jorro precisa da emancipação… acho que ele tem muito curriculo pra pouco argumento…. rs

    • do jeito que nós brasileiros estamos reivindicando,lutando um por país melhor,tudo que acontecer agora de podre, ou quase tudo,será denunciado de algum jeito ou outro.Portanto, VAMOS Á LUTA JORRENSE.

      ]

  5. alguém pergunte a esse cara se ele sabe o que concordância com advérbio se é que ele estudou,esse caras que fica net se tem o que fazer e dando volume a comentários idiotas, nem se identifica sem posição,argumento,identidade.

  6. tem um cara que a nega dele tá saindo com todo mundo, ele dizendo merda.Galera não dê audiência não.

  7. fale seu nome ai seu merda vc nem sabe quem vc é, se sua namorada quiser ver seu comentário ninguém sabe quem vc é…..

  8. por que que Tucano não quer a emancipação do Jorro?não é estranho?

  9. Va dizer o Roberto Carlos por que ele erra quando canta as músicas dele? esse leitor sabe o que é concordância.

  10. que graduação tem esse leitor? galera a discussão é o Jorro, esse invejosos ficam ai atras de de português, pode ver até analfabeto ´
    é nem se identifica.

  11. o jorro tem que se emancipar concordo com tudo, esse cara é o cara.

  12. político é foda não tem o que dizer fica ai falando merda, o cara jogou duro.

  13. que graduação tem esse leitor? galera a discussão é o Jorro, esse invejosos ficam ai atras de de português, pode ver até analfabeto ´

  14. Povo emancipação do Jorro, nunca… Eu sou do Jorro E acho melhor como distrito de Tucano. Porque isso não vai trazer nem um beneficio, nem pro Jorro, nem Tucano. A não ser pra poucos politicos! Acorda gente, isso é bobagem; OJorro ta bem cuidado, até mais que Tucano!!! O Jorro é de todos, se emancipado não presta. Jorro não tem dono. Parabéns Jorro por ser o ponto de saúde de lazer, turistico de nossa região!!!!!!!!!!!!

  15. sou amigo desse cara sou suspeito pra falar mas ele criticou a matéria do a tarde não estava defendo só a emancipação
    por isso não houve muito argumento, mas ele bota pra fuder,

  16. Gil vc é foda publica mesmo,
    o cara é meu velho tá certo todo é nois na fita

    • É, quem sabe, emancipado, eles tenham dó dos bolsos deles! Acorda, que isso não é o melhor caminho! meia duzia de interessados em gargo,e o povo que se dane

  17. Jorro está abandonado, faz dó, é aquele aspecto feio, de desprezo e parecendo um monturo -velho, vejam aquele parque das águas minha gente! faz vergonha, são 04 administradores que não ´soma um… Quem sabe emancipado algum cristão tenha piedade e cuide direitinho daquele distrito tão conhecido nacionalmente!

  18. Amigos, devemos respeitar uns aos outros, precisamos viajar e conhecer lugares desenvolvidos só assim teremos noção de onde moramos e pretendemos criar nossos filhos, nem Caldas do Jorro nem Tucano tem que estar preso a políticos que só pensam em benefícios próprios, DIGA COM QUEM TU ANDAS E EU DIREI QUEM TU ÉS, devemos acordar pra o futuro, porque com esses ai será disso pra pior, uma cidade com 178 anos sem nenhuma perspectiva de dias melhores para sua população, ai ficamos nós, brigando por coisas sem valores e sem importância alguma.

  19. estive com Rondinely, ele me falou que o objetivo era questionar a matéria vinculada no jornal atarde.Inclusive que vários outros municípios estão com o mesmo problema achando que não vão se emancipar.

  20. O poucos que acham que emancipar o Jorro resolveria todos os problemas: Então temo a solução de todos distritos, e povoados! Então vamos emancipar: jorrinho, tracupar, arapuá, poço redondo rua nova e etc… Ja nas grandes cidades, emancipa-se, as favelas e resolvem todas questões!! Acorda, gente humilde ! porque esses beneficios não são pra nós. Porque esses que defendem e faz manifestação;porque não faz para cobrar melhorias pra nossa comunidade? Não se esqueçam que somos sertanejos sofridos como todos dessa região. Vamos trabalhar pra ter dias melhores! E acorda.

  21. Tonho vc estar equivocado só trabalhar não resolve problemas se foce assim jumento era rico, temos mesmos é que cobrar exigir nossos direitos nós pagamos impostos , com tantas cobranças e revindicações somos esquecidos pelos governantes imagine vc se deixarmos por conta deles como seria o Brasil, Tucano e demais regiões. Emancipar Caldas do Jorro não quer dizer resolver todos os problemas mais uma parte sim, as favelas quem as faz é quem nelas vivem, preferem morar nelas pra não pagarem iptu, taxas de água, luz e outros impostos que é de obrigação do cidadão, vamos ser humilde mas não pobres de espirito

  22. Napoleão dizia que a inveja é um atestado de inferioridade.

  23. Preclaro Rondineli: Gostei da qualificação aos anões e locatários da cultura alheia, que hoje ostentam diplomas de representantes do nosso povo, da nossa gente, porém, trata-se de pseudo-representantes, que jamais pensaram na próxima geração, pois só pensam na próxima eleição, o que tem gerado um atraso enorme em nosso estado, pois desconhecem os preceitos técnicos necessário para no mínimo, dá prioridade à aquele, que após o levantamento de dados estatísticos para cumprir o que pede a Lei, no que tange a emancipação de tais distritos. Observo que seus epítetos são maneiramente diplomáticos trando-os, mesmo bostelicamente, longe da interpretação da massa. Eu diria de forma direta e popular: DEPUTADOS QUE OCUPAM CARGOs QUE NÃO LHES PERTENCEM. Não paremos por Aí, a mobilização ainda é uma forma democrática para se alcançar objetivos, destravando e formando novos cidadãos!

Envie seu comentário

Seu email nãoo foi preenchido. Os campos abaixo são obrigatórios *

*

Watch Dragon ball super